Taol-Kaer

Taol-Kaer é o maior e mais tradicional dos três reinos. Enormes áreas são dominadas por uma cadeia de montanhas e enormes florestas primordiais cuja profundidade não foi nem de perto totalmente explorada devido aos perigos inerentes vagando em seu interior. Os nove ducados que compõem Taol-Kaer são muito variados.

O ducado de Deas, habitada pelos clãs Ösag, é apenas um ducado por nomenclatura, uma vez que não há de fato nenhum duque vivendo lá. Os vários clãs que lá vivem ainda fazem as coisas à maneira tradicional, como têm feito desde tempos imemoriais. Um chefe dentre deles é escolhido para representá-los perante o rei por um tempo, mas dizer que o rei governa Deas está longe de ser verdade.

Seol, também, é um ducado bastante independente, cujos ventos estimularam a criação de vagões com velas, que navegam pelas estradas bem mantidas como um meio de transporte. Por outro lado, com a influência do rei limitada, o vácuo de poder está sendo usurpado pelas diferentes alianças, cujo crescente poder o duque tem se mostrado ineficiente em combater.

Gorm tem cerca de dois terços coberto de florestas, e é governado por um duque com um punho de ferro.

A capital de Taol-Kaer é Osta-Baille, provavelmente a maior cidade da Tri-Kazel. Ela foi construída embaixo de dois picos de montanhas, com diferentes distritos abrangendo planaltos e as viagens entre eles sendo feitas em escadas, grandes pontes e até mesmo grandes elevadores mecânicos. Os elevadores, junto com grande parte da arquitetura da cidade, foram desenhados por magientists após uma praga atingir a cidade. A nova cidade é mais grandiosa do que nunca, e projetada para integrar aquedutos eficientes e esgoto, entre outras coisas. Na superfície é fantástica, mas as suas sombras são escuras, de fato. Os viajantes são acompanhados de perto e limitados aos distritos específicos, criadores de problemas são tratados com severidade, a concentração de poder inevitavelmente resulta na exploração extrema dos seus habitantes menos favorecidos. Os pobres vivem em constante medo dos caprichos dos nobres, gangues criminosas e, muitas vezes, rumores de feondas à espreita nos cantos mais escuros da cidade e do seu sistema de esgoto, onde os corpos dos mortos – e não todos eles foram mortos pela milícia ou criminosos – flutuam com frequência suficiente para ser considerado comum.

Tulg, localizado no Noroeste ao lado Gwidre, é marcado pela variedade de seus habitantes e costumes locais, tornando sua governança um equilíbrio delicado. Aqui também estão localizadas as ruínas supostamente assombradas de uma grande fábrica magientist destruída na Guerra do Templo, que também são visitadas pelos ocultistas para seus rituais secretos.

Kel Loar, vizinho reino magientist de Reizh, detém a dúbia situação de ter tido sua capital quase destruída por uma invasão de feondas há apenas vinte anos, e ter sido reconstruída com a ajuda dos magientists.

Taol-Kaer

Shadows of Esteren almeidafreak almeidafreak